quarta-feira, dezembro 14, 2011

PINGUINS GAYS?





De fato, vivemos tempos mais do que "bicudos". Até onde pode chegar a sanha de ativistas? Se alguém imaginou que já viu e ouviu tudo na vida, confira mais esta:

Pinguins gays oficialmente separados.

Os pinguins gays de Toronto, no Canadá, Buddy e Pedro, separaram-se, depois de um deles ter acasalado com uma fêmea. A história dos dois animais mobilizou ativistas por estes terem sido forçados a tornarem-se heterossexuais.

A história ganhou o apelido de Brokeback Iceberg, em alusão ao filme de cowboys homossexuais, Brokeback Mountain, e os pinguins tornaram-se celebridades na internet.

Em novembro, os animais foram separados porque a espécie de pinguins africanos está ameaçada e estes necessitam de se reproduzir.

Buddy e Pedro partilharam um ninho, durante cerca de um ano, antes de terem chegado ao jardim zoológico mas, agora, Buddy formou um par com a fêmea Farai.

Pedro está a cortejar a fêmea, Thandiwey, há várias semanas, mas esta não tem dado sinais de interesse.

Buddy tem 21 anos e já teve uma parceira com quem teve crias. Pedro ainda não acasalou.

Só para lembrar: Gênesis 1:27 - "E criou Deus o homem à sua imagem: à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou". Quanto aos pinguins gays não há nenhuma referência específica em Gênesis, mas se esses ativistas não tivessem o propósito de colaborar com a extinção das espécies, aplaudiriam a "decisão" de Pedro e Buddy; ou já estão reproduzindo pinguins em laboratório?

Nenhum comentário: