quarta-feira, maio 14, 2008

MARINA SILVA, SAI - Sá(i) Marina

Marina Silva, Sai - Sá(i) Marina -
Wilson Simonal /Comp: Antônio Adolfo TibérioGaspar
Descendo a rampa do planalto
Só quem viu que pode contar
Chorando de sapato alto
Sá Marina vai se mandar
Bico calada e costumeira
Permitindo só desmatar
Com seu jeitinho seringueira
Fez o Lulla se irritar

Roda mais uma ministra
E põe pra fora, essa agonia
Volte lá para o Senado só pra coçar
Engana que esse povo aflito
Se agita e segue, esfomeado
Mostra toda a safadeza no olhar

Descendo a rampa do planalto
Só quem viu que pode contar
Chorando de sapato alto
Sá Marina vai se mandar
Bico calada e costumeira
Permitindo só desmatar
Com seu jeitinho seringueira
Fez o Lulla se irritar

E fez a serraria cantar
E fez a serraria cantar
E fez a serraria cantar

Roda mais uma ministra
Que põe pra fora, sua agonia
Volta lá para o Senado só pra coçar
Engana que esse povo aflito
Se agita e segue, esfomeado
Mostra toda a safadeza no olhar

Deixou discursos na partida
E o NoçuGhia vai se irritar
Naquela tarde, terça-feira
Fez o Lulla se irritar

E fez a serraria cantar
E fez a serraria cantar
E fez a serraria cantar

Nenhum comentário: